Ler para a pequena… Estou amando isso

elb4

Estou simplesmente amando ler todos os dias para  a Eleonora, ainda que muitas vezes eu consiga ler no máximo duas páginas porque ela decidiu que aquela hora não é mais a da leitura e sim a do mamá, ou porque aquele momento é hora de virar todas as páginas do livro e jogá-lo para cima ou para os lados.  Ainda sim, é muito bom.

Pecebi que, assim que comecei a ler todos os dias para ela, houveram algumas mudanças no comportamento da pequena: ela se prende mais a minha entonação de voz, e às vezes até ri. É um encanto.

Li que nessa fase, não importa exatamente o tipo de história que você lê para os pequenos, pois eles ainda não conseguem processar o enredo e entrar na história por conta da trama e tudo mais, eles se prendem mesmo à voz de quem está contando a história e sentem prazer nisso, ou seja, você pode ler poesia, ou um romance qualquer e será proveitoso.

Creio que o importante mesmo é você fazer com que o seu bebê se habitue com os livros desde sempre, e que veja neles uma deliciosa fonte de diversão.

Desde que fiquei grávida, compro um livro aqui e outro alí para a Eleonora, e tem outros tantos, infanto-juvenis, que comprei para mim, mas que assim que soube que estava grávida, ganharam dedicatórias direcionadas à Eleonora.elb8elb10 elb9

Os três livros que indicarei logo abaixo foram uma verdadeira pechincha, sério, foram baratinhos. Todos eles sairam algo em torno de 32 reais. Comprei-os na Fnac, onde costuma ter umas promoções malucas. Livros que antes custavam 90 reais, de repente estão 30, vale a pena ir lá, sempre. =]elb3 Clássicos da literatura adaptados, ainda que reescrito por grandes autores, nunca, jamais deixará de ser um assunto polêmico. Certa vez vi que alguns contos do Machado de Assis foram readaptados com o intuito de  se tornarem uma leitura mais atraente especialmente para o público infanto-juvenil. Sou do tipo que acha válido qualquer forma responsável de incentivo à leitura, especialmente em um país de poucos leitores, como o nosso. E acho de suma importância ler e gostar dos clássicos da literatura nacional e internacional.

Todavia, não irei adentrar o assunto por falta de mais conhecimento e principalmente para evitar críticas fervorosas de quem está mais por dentro do assunto. XD

Sobre o livro Os Noivos, quando o vi na prateleira, achei a capa de um encanto sem fim, mas imaginei que talvez não estaria muito barato, porém, ele estava de  24.90 por 12.90.

É recheado de ilustrações lindas em gesto contínuo, daí, não tive dúvidas, esse tive que  levar para casa, para mim e para Eleonora. =]

A história de fato não é apropriada para crianças, tampouco, para bebês, é violenta e cheia de contextos históricos reais, como a guerra dos 30 anos. Li uma página e outra para Eleonora, no mais, ela decidia que era hora de brincar de passar páginas, como devidademente registrado e arquivado no meu instagram

“Se isso parece inverossímil, devemos pensar numa coisa que o sr Alessando pretende sugerir com sua história: as pessoas certamente se tornam covardes ou más por causa das circuntâncias do jeito com que o mundo vai ficando. Dom Abbondio, se torna padre sem vocação, porque os pobres não tem muitas alternativas para sair de sua situação; Gertrude é má porque a lei de sucessão era o que era porque seus pais eram “filhos de seu tempo”; Dom Rodrigo era um descarado autocomplacente porque uma sociedade baseada nos privilégios  o fez assim, e talvez até os bravos tenham se transofrmado em bandidos empurrados pela miséria. No entanto,as pessoas não são formadas apenas por circustânceas externas: têm uma consciência moral, são responsáveis pelos próprios atos, ouvem os chamados da consciência e, se tivessem tido forças para segui-los, Dom Abbondio não teria se comportado como um covarde, Gertrude como uma crininosa e Dom Rodrigo como um prevaricador.” Os noivos, pg 63.

Um tanto quanto “denso” demais para criancinhas, não?!

Mas ele ficará guardado aqui para Eleonora. =]

elb2 

Os beijinhos da Ceci, já é doce no título e as ilustrações são mais doces ainda. Foi baratíssimo, 2.40 apenas. E é da Companhia das Letrinhas (adoro esse nome rsrs)

“Então, naquela manhã, antes que Ceci abrisse a boca, Max declara”

-Chega, Ceci! O passarinho não foi feito para viver no aquário! A cabra não foi feita  para viver na gaiola! O peixinho não foi feito para viver amarrado a um toco! E um Max não foi feito para esperar pelos beijos da Ceci sentado nos degraus da escada do banheiro.” Os beijinhos da Ceci, pg 28

Elb1Deságua também foi baratinho, mas não me lembro quanto, só sei que foi menos de 20 reais. Ele é lindíssimo e é da Cosac Naify que publica as edições mais lindas desse mundo.

O livro narra de maneira gostosa, com um quê poético e com lindas ilustrações, o ciclo da água.         “Quando a chuva é bem fininha, chuvisca. Se o céu escurece, é uma tempestade que se aproxima. Ainda bem, porque água faz falta! Para essa moça que toma banho; esse menino que rega as plantas; esse casal que bebe do mesmo copo; e para nenezinha… um pouco mais docinha” Deságua, Pg 04

elb5Está sendo delicioso o momento da leiturinha com a Eleonora. Ela se diverte, hora com minha voz, hora com o objeto livro e eu me apaixono cada vez mais por ela.

Ah, serão sempre bem vindas todas e quaisquer dicas de livros para os pequenos. =]

Tenham todos um lindo final de semana

6 ideias sobre “Ler para a pequena… Estou amando isso

  1. Paula A.

    Que graciosidade seu relato, Rayani! Imagino o quão delicioso deve ser ler para os pequenos e ver as reações deles às mudanças no tom de voz. Espero que a Eleonora seja uma ávida leitora – já sabemos que incentivo da mamãe não vai faltar <3

    Responder
  2. Camila Faria

    Sou apaixonada por literatura infantil! Além das lindas histórias, a gente encontra cada ilustração maravilhosa, né? Já conheci o trabalho de muita gente incrível assim. Ainda não tenho filhos, mas tenho certeza que vai ser bem difícil me controlar para não levar a livraria inteira para casa. Ler para os pequenos é mesmo uma delícia!

    Responder

Deixe uma resposta