Arquivo da categoria: Rayani Melo

Eis que se inicia uma nova fase em nossas vidas

 _DSC0639Hoje, terça-feira, estão oficialmente encerrados meus passeios ciclísticos pelas manhãs com a Eleonora.
As atividades na creche da faculdade, local onde a pequena vai pasar a estudar e brincar muito, começam hoje, (creche a qual tem ótima referência e que é extremamente concorrida. Para vocês terem uma ideia, para o grupo da Eleonora, houveram 236 inscritos para TRÊS vagas, e não é de ver que ela foi uma entre os sorteados. Tivemos ou não muito sorte, hmn?! Desculpem-me pela empolgação, mas tive que compartilhar a alegria alqui com vocês). =}
Estou com o coração apertado com essa nova fase, porém, muito feliz. Afinal de contas, minha filha tem só a ganhar com isso. Apesar do período dela ser integral, eu vou estar sempre por perto, pois minha faculdade fica no mesmo campus onde fica a creche. Ou seja…Não foi dessa vez que ela se livrou dos meus apertões e beijos de todos os dias. rsrs

Mas o difícil mesmo está sendo conformar-me com a ideia de não mais passear com a Eleonora pelas manhãs todos os dias. Vou sentir muita falta de nossos passeios matinais. Eu adorava andar por todo o bairro com ela na garupa, me falando um monte de coisas que eu apenas concordava.  Acredito que ela também se divertia muito. rsrs
Mas de qualquer modo, por mim e por ela, me comprometi a manter nossos passeios aos finais de semana.

Enquanto isso, vou me despedindo das férias e dando boas vindas para esse novo ano, que dessa vez,  parece realmente ter começado somente depois do carnaval._DSC0384

Durante alguns de nossos passeios…IMG_5537*Foto feita  via celular, por volta das 08:30h. No caminho de volta para casa.*
Mais registros de nossos passeios aqui

Desejo a todos uma linda semana!

Mommy look, baby look

mb1Quanto tempo tinha que eu não fazia um mommy look, baby look, heim.  A bem verdade dos fatos é que não faço posts temáticos com regularidade.={

O mommy look, baby look de hoje, para variar, é mega simples, bem básico. O que mais me estimulou a fazer essas fotos foi a minha nova camiseta cropped da Alice no país das maravilhas. É que sou completamente obcecada por qualquer coisa que tenha Alice no meio. Tenho uma pequena (pequenininha mesmo) coleção de livros da Alice, e pretendo fazer com que ela fique grandona um dia… Mas qualquer dia desses faço um post sobre minha loucurinha por Alice. =}

As fotos foram feitas depois de termos chegado em casa, tínhamos ido ao supermercado para comprarmos frutas e verduras pois a geladeira estava vazia. A Eleonora já tinha sujado o vestido e as botinhas, mas resolvi fazer as fotos assim mesmo e acabei achando-as bem legais. Obrigada, Inácio por todas essas fotos! =*

Aqui e aqui, vocês podem ver “mommy look, baby look” anterioresmb2mb3Vermelho e o Negro, Stendhal. Livro que comecei a ler recentemente.mb4mb6A Eleonora adora esse colar longo de miçangas, ela ficou com ele o dia inteiro.mb5mb7  Desculpem-me pela pose indelicada da Eleonora. Ela descobriu a parte interna do nariz e resolveu manter o dedinho sempre por lá. XD_DSC0676mb8Essa é minha única calça larga no armário. Super antiga… Simplesmente adoro esse jeans.mb9Desejo a todos uma maravilhosa semana

Esta valsa é minha

 

“Ela quer que a vida seja fácil e cheia de lembranças agradáveis”  Fitzgerald, 1932: 15_DSC0327 Já tem bastante tempo que comprei esse livro, e já tem um tempinho que terminei de lê-lo. Eu sempre fui curiosa para ler alguma coisa dos Fitzgerald, especialmente da Zelda, pois já tinha ouvido falar muito bem da escrita dela.

Comprei esse livro meio que por acaso, quando uma amiga ia fazer uns pedidos na amazon brasil e perguntou se eu não queria pedir nada, o propósito era fazer com que o frete ficasse grátis (tanto eu quanto ela nos sentimos bastante desestimuladas a comprar algo com frete. Na verdade muitas vezes o valor do frete me faz desistir de comprar), daí encontrei essa versão lindíssima de Esta valsa é minha por apenas 18 reais, claro que tive que pedir.

Quando o livro chegou, todos ficaram impressionados com a beleza da capa. Ela tem uma ilustração linda e foi impressa em um material meio metalizado. Simplesmente encantadora.

Sobre o romance, não irei me aventurar muito em escrever detalhadamente sobre, pois já faz um tempinho bom que o li (o mesmo aconteceu quando vim falar aqui um pouco sobre Vida querida da Alice Munro… Tenho que aprender a fazer a postagem sobre os livros ainda com as histórias fresquinhas em minha mente).

Esta valsa é minha é o único romance de Zelda, e foi escrito em apenas 6 semanas durante os dias que esteve em um hospital psiquiátrico (local de onde ela nunca saiu, pois morreu tragicamente queimada durante um incêndio no hospital).

A primeira coisa que comentei com uma amiga sobre o livro foi que eu fiquei encantada com a forma como ela escreve, ela seleciona palavras que tornam sua escrita levemente poética.   O romance é auto biográfico, narra os mesmos acontecimentos da vida real de Zelda (no livro representada por Alabama) e Scott (no livro, David Knight). Durante toda a leitura do romance, me senti bastante envolvida com a parte em que Alabama se dedica, depois de adulta, ao ballet (talvez porque eu, até pouco tempo atrás estava procurando por aulas de ballet para adultos). Ela se dedica exaustivamente à dança, mesmo sendo cercada por uma série de pessoas que a desestimulam muito, justamente por ela ter “passado” da idade para iniciar tal façanha. E Zelda, na vida real também se dedicou ao ballet depois de adulta, mas ao contrário de Alabama, Zelda desiste da dança.

Para quem assistiu Meia noite em Paris de Woody Allen, Zelda aparece no filme exatamente da maneira como sempre a imaginei (na verdade, creio que todos tenham uma visão semelhante a respeito dela), doidinha, agitada e sempre querendo mais e mais festas…

Como de costume, destaquei no livro algumas frases e passagens que me chamaram a atenção.

“Alabama tinha uma consciência forte de sua própria insignificância, da vida passando enquanto besouros cobriam os frutos úmidos das figueiras com a atividade estática de um bando de moscas sobre uma ferida aberta” pg 46

“Ela sinceramente não se incomodava nem um poco com a solidão” pg178

“Olhar nos seus olhos era uma ilusão de optica” pg 222

Depois de Esta valsa é minha (ou antes dele, não sei ao certo) li Scott Fitzgerald, O grande Gatsby, e Hamingway, París é uma festa, e esses livros me fizeram ficar profundamente encantada com a literatura produzida na era do Jazz, agora quero conhecer mais, muito mais.

_DSC0324 _DSC0373Enfim, gostei muito do livro, matei minha curiosidade. Lamento a vida não ter dado mais tempo para Zelda escrever mais que um romance e lamento mais ainda por ela ter tido um fim tão triste depois de longos dias de festas…

Desejo a todos um maravilhoso final de semana

Novidade!

_DSC0004_2 E a segunda-feira chegou com novidade. Tem itens novos e uma loja nova por aqui…

Venho trabalhando lentamente nessa pequena série de colares de acessórios de cabelo há algum tempo. É bem trabalhoso e toma bastante tempo, mas também é muito prazeroso…. Eu simplesmente amo!

Todos os colares, desde quando comecei a produzir, faço questão de mantê-los como algo exclusivo, isso significa que não há colares repetidos (nunca!). A combinação entre pingente e corrente sempre se dá de maneira diferente. Insisto em produzir peças exclusivas, pois acho muito bacana ter algo que é “somente seu”. É minha singela forma de demostração de carinho com quem adquire meus trabalhos.

E para melhorar a novidade dessa segunda-feira, além daloja está recheada de itens floridos, todos, absolutamente todos, estão com frete grátis para todo o país.

Abaixo algumas fotos do que tem de novo por lá. Espero que gostem!_DSC0369 _DSC0313 _DSC0326 Esse camafeu é um encanto, possui duas ilustrações, uma minha no lado externo e uma flor linda no lado interno. Esse é o único na loja nesse modelo._DSC0307 Esse pingente é enorme e lindo! Pois tem ilustração em um lado e um relevo delicado de pequenas flores no lado de trás (e que eu, muito espertamente, não fotografei rsrs)_DSC0350 kit1 Ah, e tem também kit de postais e prints floresA4 (2)Desejo a todos uma linda semana!

Ser mãe da Eleonora…

eep2Se tem algo que tenho gostado muito nesse último um ano e cinco meses, é ser mãe dessa pequena aí. Minha vida sem sombra de dúvidas tornou-se muito mais colorida do que era.

A Eleonora é sempre tão sorridente, calma e alegre… Muito amor, muito!

Eu “quase” não tenho fotos super bacanas com a Eleonora, já o pai dela tem um monte de fotos lindas com a pequena que me mantam de inveja. Mas ok, consigo superar, já que isso é uma consequência natural pois normalmente estou atrás da câmera…

Essas fotos foram feitas no primeiro dia de 2015 em Brasília. =}eep4eep5eepE… fotos de pulo, sempre!

Um dia para não ser esquecido em 2014

_DSC1390

Se tem algo em 2014 que vou adorar manter na lembrança é o primeiro aniversário da Eleonora.

Creio que desde que fiquei grávida, sempre imaginei o quanto seria legal fazer a festinha de um aninho da bebê que estava a caminho no formato de um piquenique. Eis que não abandonei a ideia.

Ao aproximar o mês de aniversário da pequena, eu e o Inácio começamos a sair para comprar “coisinhas” para o piquenique. E vocês não imaginam o quanto eu  fiz o Inácio andar por Campinas (Bairro em Goiânia onde você encontra de tudo e mais um pouco para festas), atrás de copos coloridos, canudos coloridos, tecido para toalha de piquenique, lã para os pompons, e por aí vai. Foram muitas nossas pernadas…

Queria ao máximo fazer as coisas do modo mais personalizado possível, os enfeites, os convites, tudo passou literalmente por minhas mãos. Deu um pouquinho de trabalho e muito drama (quando fui buscar os convites a cor da impressão ficou horrível, lavada, clara demais, os pequenos detalhes sumiram e nem tive o direito de pedir que refizessem, já que não pedi prova da impressão, resultado disso, chorei feito criancinha no caminho de volta para casa).

O piquenique de um modo geral foi simples, para poucos convidados, foi bem intimista como havia desejado, e o resultado nos agradou bastante, tudo muito florido, colorido e alegre. Tudo muito Eleonora…

Aqui vocês podem ver a postagem desse aniversário em 2014.

E aqui tem um post com o restinho do aniversário da pequena na casa dos avós

_DSC1392_DSC1393el13 el2 Esse foi o naked cake feito de última hora por minha mãe e eu. É que uma amiga tinha se comprometido a fazer o bolo do aniversário, mas ela teve que viajar no mesmo dia, sobrou para eu e minha mãe fazermos o bolo (já que não estávamos mais afim de gastar mais nada com o aniversário naquela altura do campeonato). O melhor de tudo, que o bolo ficou bonitinho (pelo menos achei) e todos o acharam uma delícia.

_DSC1272 _DSC1227 _DSC1279 O convite da Eleonora tinha o mapa de como chegar na pracinha do piquenique, uma foto dela (a foto foi apenas nos convites dos tios e avós e uma amiga), e um pedido. Pedimos para que a presenteassem com livros infantis, pois sim, acho que livros serão os melhores presentes, para todo o sempre.

_DSC0090 _DSC1477 Eu estava super preocupada com a chuva que estava ameaçado a vir e o atraso na montagem de tudo, resultado disso, na maioria das fotos sai com cara de louca. hahaha_DSC1462Essa é minha foto favorita do aniversário, e uma de minhas fotos favoritas com a Eleonora. Essa carinha dela aqui é simplesmente demais.

Eleonora, eu e seu pai  te amos, infinitamente!

 

Só para desejar a todos um maravilhoso final de semana

foto-17Mais uma vez apareço por aqui apenas para desejar a todos um maravilhoso final de semana.

A razão do meu sumiço é que deixei as coisas se desorganizarem para os lados de cá, resultado: acumulo insano de coisas da faculdade para fazer…

Por sinal, essa foto logo a cima, foi feita ontem no caminho de volta da faculdade para casa, depois de um dia cansativo, onde me senti um tanto quanto perdida com os rumos do meu projeto de pesquisa em História da arte… ={

Enfim, isso faz parte do processo…

Apesar de toda a correria e pequenas frustrações,  os dias andam lindos, não andam?!

Deixo aqui uma música que gosto muito de uma parceria entre uma banda que gosto muito e uma cantora de voz linda (a qual tem uma banda que também gosto muito)

 

Eleonora 9 meses

1a

Minha pequena Eleonora já completou 10 meses no último dia 29. Hoje vou compartilhar fotos e alguns relatos desses últimos 9 meses ao lado dela.

É muito divertida a forma como ela engatinha com toda pressa quando ela vê algo de seu interesse em seu alcance, daí, mais que depressa, ela abaixa sua cabeça e vai toda rápida, batendo com força as mãozinhas no chão. Ela engatinha na velocidade da luz, e quando a pegamos, ela docemente deita sua cabecinha no nosso ombro.

Nesse último mês, ela aprendeu a bater parabéns e dar tchau, é muito fofo!

Ela está ficando cada vez mais ágil e rápida. Ela se levanta com rapidez e, segurando nos móveis, dá uma volta completa na sala. Durante essa pequena aventura, ela dá uma paradinha e se esticando toda, desliga a tv, depois segue adiante para pegar o telefone e derrubá-lo.

Acredito que ela venha a ser uma pessoa muito musical, pelo menos, é o que parece no momento, pois sempre que ela ouve alguma música, vinda da tv ou de qualquer outra fonte, ela pára e fica prestando muita atenção no som.

Durante os banhos é uma luta fazê-la deitar, ela gosta mesmo é de ficar em pé ou sentada, espalhando água para todo lado.

Ela continua sorridente, muito sorridente, e cada vez mais carinhosa…

 

Ela é um verdadeiro encanto, um grande presente na minha vida e do Inácio…

Obrigada Eleonora por ser uma garotinha muito gentil e sorridente. Você enche nossa vida de delicadeza e gargalhadas. Nós te amamos muito!2a 3a 4a 5a 6a

f1

Ser mãe de primeira viagem significa uma mudança brusca e radical de diversos hábitos. Entre todos os desafios, o mais espinhoso para mim anda sendo adquirir um bom hábito alimentar. Incluir frutas e verduras, fazer com que meu prato tenha uma explosão de cores com diversas folhagens e vegetais, definitivamente não está sendo fácil, embora eu esteja tentado. Aos poucos vou me forçando a comer mais verduras e frutas a fim de dar um bom exemplo para pequena Eleonora. De forma alguma eu quero que ela se torne uma adulta como eu, que deseja coca-cola 24 horas por dia e que se amarra em um Burger King. XD

 

Cozinhar para mim é um verdadeiro mistério! Sou daquelas que erra receita de bolo de caixinha. Enfrentar as panelas e o fogão é dar de cara com uma zona sombria… rsrs. Porém, eis que estou descobrindo o prazer da culinária ao fazer as comidinhas da Eleonora. Adoro picar as verduras e ver que todas elas juntas formam uma composição de lindas cores, (comida bonita para mim automaticamente torna-se gostosa, até o meu paladar descobrir o contrário e se decepcionar), adoro sentir o cheiro do azeite com o tempero na panela, adoro observar o cozimento (apesar de muitas vezes esquecer que tem algo no fogo) e adoraria que o resultado disso tudo fosse uma comida linda de se ver no prato.

A sopa de verduras deste post estava linda até o momento em que ela começou a cozinhar mas, depois que finalizou, o resultado visual não ficou dos melhores. Mas garanto que ficou uma delícia.

Cozinhar de fato não é algo que me apetece, acho difícil e exige muita atenção, sou distraída demais para tal disciplina, mas admiro muito, muito, quem sabe cozinhar e que além de fazer pratos deliciosos, ficam lindos. Quem sabe um dia chego lá?! Pela Eleonora, por mim e pela minha pequena família, prometo me esforçar um pouco mais.

Abaixo, algumas fotos da sopa que começou linda e terminou não tão linda…

Foi um delicioso final de semana em família. =]

f2f4f5f6 Quando cozinho, prefiro fazer isso completamente sozinha e ouvindo música. No caso, estava ouvindo Lianne La Havas, No room for doubt, que é um som bem calmo. Coloquei meu celular dentro do copo para fazer com que o som ficasse mais alto e menos agudo. Funciona! =}

f7 Mini tomates direto do quintal de casa

f8 Resultado final da sopa. Visual não muito agradável, porém sabor supimpa.

f9Como é deliciosamente mágico passar o final de semana inteiro na companhia dessas duas figuras bem humoradas. Quando presencio o Inácio e a Eleonora brincado, inevitavelmente me sinto a mãe mais sortuda do mundo.

Tenham todos uma linda semana.

Por amor as flores

._8b ._9b1b

 

Se tem algo que adoraria manter sempre em casa, e em vários cômodos, são flores. Acho que elas têm o poder de tornar o ambiente aconchegante e muito mais delicado, e quando falo de flores, falo de qualquer tipo: matinho de rua, flores da floricultura,  as colhidas no quintal de casa…

Eu confesso que sou uma espécie de… digamos… “apropriadora de flores alheias”, sim, amo pegar uma flor aqui e acolá nas calçadas da vizinhança. Claro que não sou insensível ao ponto de pegar várias ao ponto de deixar claro que passei por ali. Pego apenas uma, e a mantenho por vários dias no meu quarto. Mesmo depois de velha e murcha ela continua lá na garrafinha em cima da cômoda, junto aos meus livros e coisinhas da Eleonora. Eu, desapegada que sou, confesso que fico surpresa comigo mesma em relação ao quanto acho ruim ter que me desfazer de uma flor. Pior ainda é quando me proponho a cultivar uma e ela morre meio que do nada… Sério, isso me deixa pra baixo.

Quem me acompanha no instagram sabe que faço com frequência novas fotos sempre que tem novas flores no meu quarto. Acho que fica tão lindo, preciso registrar =).

Apesar de amar as flores, eu não sei desenhá-las e isso me incomoda um bocado… Na tentativa de aprender a rabiscar flores e folhas eu comprei quatro livros de ilustração botânica, todos eles tratam especificamente de flores, são eles, três lindos livros de flores em aquarela e um (super insano) de ilustração botânica para lápis de cor que precisarei de no mínimo umas cinco vidas para conseguir desenhar uma pétala.

Os livros são um verdadeiro deleite visual e eu não resisti e tive que fotografá-los e compartilhar aqui.

Obs: os dois livros pocket me surpreenderam muito, foram os que mais gostei!

2b8b7b  3b4b5b6b8b9b

 

Eu indico esses quatro livros, além de lindos, lindos eles tem dicas valiosas para quem pretende se aventurar a desenhar flores, tanto com aquarela ou lápis de cor. Para quem tiver interesse, eles foram comprados na amazon

1- Flower painter pocket palette

2- Flower painters pocket palette, 2

3- Paintin flowers with impact in watercolor 

4- Botanical portraits with colored pencils

?

Eu de fato acredito que pessoas nascem com inclinação para criatividade  e outras não (as que nascem com a tal inclinação são dessas criativas que se diferenciam da maioria), porém, acredito também que qualquer um pode ter uma relativa criatividade e mantê-la…
Para estimular minha criatividade para desenhar, me cerco de cores, tento manter meus ambientes sempre claros, navego quase que diariamente no Pinterest, outra coisa boa que fiz foi comprar uma moleskine pocket para aquarela, muitas vezes fico rabiscando durante as mamadas da Eleonora, (não é muito confortável, mas dou um jeito rsrs)

Ler, para mim é uma das melhores fontes de inspiração para tudo, só que isso tenho feito bem pouco nos últimos meses. É que sempre me sinto cansada, não ando conseguindo passar da segunda página do livro. =p

Enfim, tento  praticar sempre coisas que  estimule minha criatividade como:
Observar as nuvens
Ver o quanto é belo o brilho do sol de fim de tarde por entre as folhas das árvores
Caminhar ouvindo música…
Tudo isso me faz ter uma vontade danada de sair correndo e começar a rabiscar

*Minha moleskine pocket já está cheia de rabiscos aquarelados*
Tenham todos uma linda e colorida semana!

2 meses com ela

Minha pequena completou seu segundo mês de vida…
Ela continua cada vez mais linda e sorridente
Eu continuo cada vez mais sorridente também
Com  toda certeza esses foram os dois meses mais cansativos da minha vida, mas os mais deliciosos também. Que venham muitos e muitos mais meses ao lado dessa pequena que é puro amor.
Eleonora, nós te amamos!!!


*Já tem um tempo que quero fotografar esses pezinhos lindos que insistem ficar apenas com uma meia ou com um sapato, vejo isso como a marca registrada da Eleonora*


*Eleonora e sua primeira visita ao dentista… Fotografei todas as primeiras consultas da pequena, qualquer dia desses coloco essas fotos aqui =]*


A vida tem sido doce, doce do lado de cá…
A Eleonora é um bebezinho cheio de personalidade e muito calminha
Insisto em dizer que sou uma mãe de sorte e estou profundamente apaixonada pela vida

Tenham todos uma linda quarta-feira