Arquivo da tag: Eleonora

E por aqui a vida segue…

_DSC0429

Já aconteceram tantas coisas no país e em minha vida desde que fiz o último post…
Eu acho bem chato passar tanto tempo longe do blog, e dessa vez me afastei não só do meu blog, mas praticamente de toda blogosfera. Fiz algumas visitas esporádicas alí e acolá, mas nada muito expressivo.

Bem, desde o último post o país virou de cabeça para baixo e eu tive algumas surpresas em minha vida pessoal…
Nos mudamos de casa!
Aquele cantinho pequeno, amado e muito fotografado, compartilhado com vocês ficou para trás. Não foi simples, não foi fácil o processo de mudança. Aconteceu de repente, não foi planejado. Chorei um bocadinho bom. Não queria sair, nós não queríamos deixar para trás aquela casa recheada somente de boas lembranças.
Mas tivemos que deixar…
Mudança feita!

Estamos em uma ótima casa. O apartamento é bem maior que o anterior. O bairro que morávamos era ótimo e o bairro onde moramos agora é maravilhoso.
Mas sabe como é né… Nosso coração se apega… Se apega e se amarra nas boas lembranças e fazer soltar isso chega doer.
Mas okay, vida que segue.
E há de seguir bela.

Abaixo, algumas fotos dessa nova vida que começa a aparecer…
_DSC0367 cópia_DSC0381_DSC0369
_DSC0364 _DSC0386

Voltando…

_DSC0381 copy _DSC0540
_DSC0480Fotos do primeiro dia de aula da pequena. Março de 2015

E por aqui, a vida voltou ao “normal”.
Faculdade retornou, a escolinha da pequena também, logo, a correria e o cansaço insano também já se fazem presente.
Pretendo não sumir demasiadamente daqui, embora eu já ande beeem relapsa.
É a reta final do curso, e isso necessariamente vai consumir todo o tempo que tenho (e provavelmente o que não tenho também).

O objetivo é não surtar. XD

Desejo a todos  uma maravilhosa semana.

Uma parede branca e uma vontade imensa de fazer surgir novidades.

_DSC0862Alguns domingos atrás eu acordei com o meu lado ‘crafter’ ativado. Me deu uma vontade doida de botar a mão na massa e fazer alguma coisa nova.
Eu vinha falando com o Inácio sobre encher uma das paredes do quarto da pequena de mini adesivos, mostrei algumas referências para ele que logo também curtiu a ideia. Mas… a ideia
nunca saia do papel, até que um dia, resolvi fazer a coisa funcionar.
Peguei algumas cartelinhas de bolinhas adesivas amarelas que comprei anos atrás para utilizar nas embalagens das coisas da lojinha, me tranquei no quarto da pequena, dei uma olhada em volta para escolher a parede. Parede escolhida, comecei a colar as bolinhas aleatoriamente, sem a menor preocupação, apenas mantendo em mente que elas precisavam ficar espalhadas de forma harmônica.
Não pude excluir a totalmente dona do quarto dessa atividade que tinha certeza que ela iria adorar. Então, chamei a Eleonora para me dar uma ajudinha. Ela ADOROU! Em pouquíssimos minutos fizemos surgiu uma parede nova.
Todavia,  a minha vontade de por novidades ainda não tinha acabado, o alvo foi a velha abajur amarela que estava abandonada naquela gaveta da bagunça.  Eu a comprei também anos atrás e ela custou apenas 8 reais. Colei mini tassels de cores sortidas na borda da cúpula, e voilà. Abajur renovada!
Para finalizar a composição, roubei uma das cadeiras amarela que fica na sala (eu juro que o quarto dela não está sobrecarregado de amarelo, juro! rsrs), e mais alguns livros. Coloquei livros e abajur em cima da cadeira e assim finalizei a mini transformação.

A renovação se deu apenas em um dos cantinhos do quarto, mas foi o suficiente para renovar a áurea do ambiente. _DSC0833_DSC0837_DSC0836_DSC0852_DSC0855Tá vendo aquelas duas bolinhas juntinhas ali em cima, foi a Eleonora quem pregou. Por mais que eu mostrasse para ela os locais mais adequados para pregar, ela insistia em colar elas próximas. Então, Ok. =}_DSC0880_DSC0885_DSC0812_DSC0875Detalhe dos mini tassels no abajur. Gostei!_DSC0845_DSC0889É impressionante o quanto algo tão simples pode renovar um ambiente inteiro.Eu estou simplesmente adorei o resultado.

Obs: E essa última foto é o registro claro do que uma criança faz quando você se distrai um pouco. No caso, a Eleonora, derramou metade do creme hidratante, um pouco foi para as pernas e cabelo, outro tanto para o chão.
Ok, Eleonora. A mamãe limpa, mas você me ajuda! XD

Amor, amor…

SAM_0496 copy

Às vezes me pego observando esses dois…

É tão bonito o amor e a amizade entre a pequena e o pai dela. Ela o ama incondicionalmente, ele a ama imensuravelmente.

É muito amor, é muita cumplicidade…

Eu poderia sentir ciúmes de quando fui na primeira reunião na escolinha e as professoras enfatizaram que ela tem uma ligação muito forte com o pai, e que várias vezes, durante as brincadeiras mais divertidas ela chama por ele com um sorriso grande no rosto; é, eu poderia, mas não senti. Muito pelo contrário, me senti orgulhosa por ela o amar tanto e deixar isso claro para todo o mundo, me senti orgulhosa por fazer parte dessa trupe.

Meu time!

Minha vida!_DSC0290 DSC0523-843x1024

Desejo a todos um maravilhoso final de semana

Ser mãe da Eleonora…

eep2Se tem algo que tenho gostado muito nesse último um ano e cinco meses, é ser mãe dessa pequena aí. Minha vida sem sombra de dúvidas tornou-se muito mais colorida do que era.

A Eleonora é sempre tão sorridente, calma e alegre… Muito amor, muito!

Eu “quase” não tenho fotos super bacanas com a Eleonora, já o pai dela tem um monte de fotos lindas com a pequena que me mantam de inveja. Mas ok, consigo superar, já que isso é uma consequência natural pois normalmente estou atrás da câmera…

Essas fotos foram feitas no primeiro dia de 2015 em Brasília. =}eep4eep5eepE… fotos de pulo, sempre!

Sobre eu ser absolutamente apaixonada pela vida

no banho 10Esses dias a Eleonora dormiu no colo do pai durante o banho da noite. Ela já fez isso algumas outras vezes, mas eu nunca estava com a câmera em mãos para registrar esse momento. Momento este que, apesar de ser um tanto quanto simples e corriqueiro, sempre me faz suspirar e pensar o quanto sou apaixonada por esses dois aí e o quanto sou absolutamente apaixonada pela vida.

nobanho3no banho2nobanho7no banho 9  Confesso que hoje é bem mais fácil respirar  a leveza dos dias…

Desejo a todos uma doce semana

O restinho da comemoração

rc1

E esse foi o restinho da comemoração do aniversário de um aninho da minha pequena. Dessa vez a mini festinha foi em casa com meus pais, dois tios, eu e o Inácio. Alguns refrigerantes e um delicioso cupcake de brigadeiro com uma brilhante velinha em cima, deram o tom no parabéns.

Aaah, como foi delicioso esse primeiro ano ao lado dela,  quantas coisas novas eu e o Inácio  descobrimos  e aprendemos… É impressionante como nos apaixonamos todos os dias por seus inúmeros sorrisinhos. Às vezes ela está brincando e dançando, toda envolvida com o novo ursinho cantante que o tio Flávio deu para ela, e de repente para a dança e as palmas, inclina a cabeça para o lado e dá um lindo sorrisinho. Depois retoma com danças e  palmas.

A Eleonora completou um aninho e ainda sem nenhum dentinho na boca, absolutamente nenhum! Bem, vantagem para mim, que sempre disse que sentiria falta do sorrisinho banguela dela, caso os dentinhos aparecessem logo. Por enquanto nada de dentinhos e muito sorrisinho de pura gengiva.

Definitivamente, os últimos 365 dias foram os mais surreais e mais maravilhosos da minha vida e do Inácio.

Aaaah, a vida é bela…

rc5 rc3 rc2  rc6

 

Desejo a todos um lindo final de semana

Feliz aniversário, Eleonora!

_DSC1481el6

No dia 29 de julho de 2013, em uma manhã de segunda-feira, nascia a minha pequena Eleonora. Foi um parto rápido e calmo, sem sustos, sem dores, o Inácio ficou ali, ao meu lado durante toda a cirurgia, me passando calma e segurança.

Não consigo nem de longe traduzir em palavras a sensação de ver pela primeira vez minha bebezinha, tão pequenininha, tão delicada e tão saudável. Me lembro que a beijei, mas confesso que estava completamente  atônita.

Me lembro como se tivesse sido ontem o clima, o sol, a brisa que fazia no dia que voltamos para casa, ninguém vai me convenser que o dia estava normal como qualquer outro, pois não estava mesmo, o dia estava doce, em tons suaves de rosa, o dia estava delicado, dando indícios de como seria a minha vida e a do Inácio dalí para frente.

Hoje temos menos tempo para gente, durmimos menos, nos sentimos mais cansados, todavia, nos sentimos muito mais felizes, leves, e principalmente, mais unidos. Já disse em várias postagens sobre os meses da Eleonora,  (você pode ver nos seguintes links: 1, 2, 3,, 6, 8, 9, 10 sim, ficaram alguns meses para trás… =P )o quanto a vida tem sido deliciosa para nós dois.

Sou completamente apaixonada por essa garotinha, mas também é fácil, ela sempre e foi e continua sendo muito calma e deliciosamente sorridente, não nos resta outra opção, a não ser nos entregarmos completamente a esse amor profundo e difícil de explicar, mas maravilhoso de se sentir.

Pouco tempo despois da Eleonora nascer, já pensei sobre como queria que fosse a comemoração de aniversário dela, sempre gostei de piqueniques (vivia chamando o Inácio para fazermos piquenique, mas sempre acontecia algo que nos impedia), então, nada melhor do que fazer o anivesário da pequena como um piquenique bem charmosinho. O mês que ela nasceu é completamente propício para esse tipo de programa, fim de julho, o tempo costuma estar seco e relativamente mais fresco do que o resto do ano. Porém, na semana do piquenique da Eleonora, o clima aqui em Goiânia mudou completamente, teve até chuva. Céus, quer uma notícia mais desesperadora para quem tem a intenção de fazer um aniversário ao ar livre do que chuva em alguns dos dias antes do evento e previsão de chuva no dia do aniversário?! Sério, na sexta-feira, a noite estava meio angustiada e começamos a pensar em um plano B. O bom é que não foi preciso mudarmos de planos, seguimos em frente com a ideia do piquenique, o dia estava friozinho, não tinha muito sol, mas teve piquenique. =]

Foram poucos os convidados, a ideia era fazer algo bem intimista e bem meigo, tudo foi planejado com muito carinho, era para ser colorido e lindo e assim foi.

Abaixo algumas fotos de um dos dias mais especiais de nossas vidas até então.el5 el4

Já fotografei muitas festinhas de crianças, mas fotografar a festa da minha filhota foi um desafio. Fiz poucas fotos, mais da decoração, estava tão ocupada em montar tudo bonitinho que me esqueci completamente que seria no mínimo de bom tom fazer fotos com os tios, avós e amigos… =,{el3 el2 el18

Bolo lindo e delicioso feito por minha mãe e eu, a inspiração veio daquelas lindezinhas de bolos que existem no pinterestel14el12 el11 el10 el9 el8 el7   el20  el26

Eleonora comendo seu primeiro cupcake, dá para ver no tamanho da boca o quanto ela estava dedicada em comê-lo. Definitivamente ela amou. rsrsel16 el15  el13 Para os que estão em Goiânia, eu super indico os cupcakes da Dream Cake, são simplesmente deliciosos, os que escolhi foram com recheio de brigadeiro caseiro e o outro foi de uva. Eu particularmente sou apaixonada pelos brancos de flores realistas. Obrigada Dream Cake. ;}

el22Até agora me sinto apaixonada pelas lembrancinhas da Eleonora, essas caixinhas são o ou são  delicadinhas?! Os cartõezinhos que acompanham as lembrancinhas foram feitos por mim assim como os convites.el21el24

Pedimos para que os convidados presenteassem a Eleonora com um livro infantil de sua preferência, pois acreditamos que que livros são sim, presentes legais e divertidos. =]el23

Agradeço a todos que compareceram e fizeram parte desse delicioso fim de tarde.

Um agradecimento especial para minha mãe que fez deliciosíssimos pães de mel e pães de queijo, alguns docinhos e um bolo maravilhoso.

E principalmente, agradeço à vida por termos uma garotinha tão amorosa, tão doce e tão delicada.

Obrigada Eleonora, hoje e sempre, eu e seu pai te amamos muito!

10 meses

e1

No último dia 29 minha pequenina completou 11 meses de vida, e somente hoje estou postando as fotos referentes aos 10 meses. Sempre atrasada, sempre… =p

Nesses últimos 10 meses, essa mocinha vem crescendo e se mostrando cada vez mais e mais adorável. Ela me acorda todos os dias como um reloginho, no mesmo horário e com os mesmos sorrisinhos. Aaah, como me sinto sortuda por ter uma garota tão bem humorada.

As fotos que estão aqui foram feitas pouco tempo atrás (não tão pouco assim, já que esse post está pronto  mais de uma semana e eu simplesmente não consigo me organizar para postar), em uma bela tarde de sábado, quando eu e a Eleonora fomos acompanhar algumas horinhas de treino do Inácio no time de futebol da faculdade.

O dia estava incrivelmente belo, ou seja, mais que apropriado para muitas brincadeirinhas com o papai, como a de “teste de equilíbrio”, que é quando a Inácio segura os dois pezinhos da Eleonora com uma só mão e a levanta lá no alto. Brincadeira que deixa deixa a mãe aqui muitas vezes  com o coração na mão, mas que resultam em belas fotos divertidas. 😉

e5 e3e2  e4  e6e7e8e10

e11

 

Foi um dia lindo, entre tantos outros lindos ao lado dela.

Fico muito contente pela Eleonora estar crescendo saudável e  preservando o sorriso lindo, tornando a minha vida e a do Inácio cada vez mais leve e doce.

Tenham todos um ótimo final de semana.

Eleonora 9 meses

1a

Minha pequena Eleonora já completou 10 meses no último dia 29. Hoje vou compartilhar fotos e alguns relatos desses últimos 9 meses ao lado dela.

É muito divertida a forma como ela engatinha com toda pressa quando ela vê algo de seu interesse em seu alcance, daí, mais que depressa, ela abaixa sua cabeça e vai toda rápida, batendo com força as mãozinhas no chão. Ela engatinha na velocidade da luz, e quando a pegamos, ela docemente deita sua cabecinha no nosso ombro.

Nesse último mês, ela aprendeu a bater parabéns e dar tchau, é muito fofo!

Ela está ficando cada vez mais ágil e rápida. Ela se levanta com rapidez e, segurando nos móveis, dá uma volta completa na sala. Durante essa pequena aventura, ela dá uma paradinha e se esticando toda, desliga a tv, depois segue adiante para pegar o telefone e derrubá-lo.

Acredito que ela venha a ser uma pessoa muito musical, pelo menos, é o que parece no momento, pois sempre que ela ouve alguma música, vinda da tv ou de qualquer outra fonte, ela pára e fica prestando muita atenção no som.

Durante os banhos é uma luta fazê-la deitar, ela gosta mesmo é de ficar em pé ou sentada, espalhando água para todo lado.

Ela continua sorridente, muito sorridente, e cada vez mais carinhosa…

 

Ela é um verdadeiro encanto, um grande presente na minha vida e do Inácio…

Obrigada Eleonora por ser uma garotinha muito gentil e sorridente. Você enche nossa vida de delicadeza e gargalhadas. Nós te amamos muito!2a 3a 4a 5a 6a

Um dia qualquer e a felicidade

_DSC0528Cenas de um fim de semana em família…

Essas fotos foram feitas pelo Inácio (que está ficando bom nisso), durante uma ida rápida e emergencial ao supermercado. As fraudadas da pequena acabaram, então fomos correndo comprar mais antes que tivéssemos que apelar para frauda de pano =P

O dia estava lindo, um tanto quanto quente, mas ainda sim, lindo. Não resisti e tive que colocar minha camêra na bolsa afim de poder utilizá-la na primeira oportunidade.

Estacionamento do supermercado, um dia de sol brilhante = uma boa oportunidade =D

A verdade é que muitas vezes criamos ou somos responsáveis diretos pelo surgimento das oportunidades em nosso caminho. Sei que soou meio autoajuda, (brega!), desculpem-me, mas é isso mesmo. Então, o melhor é manter-se sempre sorrindo, e no meu caso, com a camêra na bolsa para momentos simples e corriqueiros, porém, sempre doces do dia dia serem traduzidos em fotos e assim, tornarem-se lembranças eternas…

 

 

 

 

 

_DSC0540 copy_DSC0500   _DSC0545 2Tenham todos uma linda semana

 

8 meses

 

 

01

 

A Eleonora completou 9 meses no último dia 29 e somente hoje consegui fazer a postagem referente aos 8 meses dela. Enfim, um dia consigo organizar melhor meu tempo, um dia…

Durante esses 8 meses a minha vida e a do Inácio foi recheada por altas doses de sorrisos e gargalhadinhas de bebê. A Eleonora continua uma mocinha muito sorridente e gentil, (obrigada Eleonora, por ser essa nenezinha tão delicada), como nos primeiros dias de vida.

A grande novidade dos 8 meses foi que ela começou a engatinhar e a ficar em pé se apoiando nos móveis da casa, o efeito colateral dessa novidade, alguns choros aqui e acolá por ter se desiquilibrado e caído. Confesso que meu coração acelera quando estou em qualquer outro cômodo da casa que não ao lado dela e a ouço chorar. Tento me acalmar antes de sair correndo para ver o que hove, a sorte é que quase sempre o choro é mais de susto do que de dor e acaba passando rapidinho.

Essas fotos foram feitas pelo Inácio (amei todas!) em um clube onde ele costuma ir aos sábados para jogar bola. O dia estava incrivelmente lindo e foi devidademente registrado no meu instagran.

Nota para Eleonora: Lindinha, eu e seu pai amos ouvir as batidinhas das suas mãos quando você engatinha pela casa. Nunca se esqueça, você é muito, muito amada!

1 2 3 4 5 6

6 meses

_DSC1927 _DSC1934 _DSC1935 _DSC1945 _DSC1953 _DSC2011 _DSC2017

 

Olá, depois de muito, muito tempo, ( e depois de esquecer de fazer a postagem referente aos 5 meses), tenho uma nova postagem mostrando o quanto a minha gatinha vem crescendo linda e saudável ao longo desses 6 meses de vida.

Ela virou um trequinho que rola de um lado para o outro, tornando a missão de trocar fraudas quase impossível (aaah céus, como estou amando demais tudo isso!!!), também adquiriu a mania de reclamar gritando em alto e bom tom alguns gruídos como “má, má, má…”.

Nessa fase todo os dias tem alguma novidade, e tudo é muito efêmero. O que não muda mesmo na Eleonora, é o sorriso constante e o bom humor. Sério, minha pequena é muito gentil… rsrs.

 A vida nunca esteve tão doce e divertida por aqui. Amando muito ser mãe…

=]

Tenham todos um lindo dia